Nota Oficial 02/2018

Nota Oficial 02/2018

Nota Oficial 02/2018 – Carnaval Virtual De acordo com o estabelecido na Nota Oficial 01/2017, devido a ausência de definição regulamentar quanto a punição por ESVs que descumprirem o prazo de envio do samba de enredo para confecção do CD, a Diretoria Artística, sob os poderes regidos em estatuto, resolve: Art 01. Ficam prorrogados para efeito do Regulamento Oficial para o Carnaval Virtual de 2018 os efeitos produzidos pelo item 02 da Nota Oficial n. 01/2017. O Regulamento do Carnaval Virtual, em seu Artigo 5°, Parágrafo 2°, coloca como dispositivo para as agremiações virtuais serem consideradas inscritas no Carnaval Virtual “respeitar o cronograma do Carnaval Virtual”. Considerando esse item e o cronograma divulgado, a data do dia 22/07/2018 está estabelecida como Prazo Final de Recebimento de Samba de Enredo (Confecção do CD). Portanto, visto que o regulamento não apresenta item específico para a Confecção do CD, a Diretoria Artística, por sua atribuição, determinou a punição equivalente de divulgação do samba (-0,5 ponto por dia de atraso) para as agremiações que não enviarem a gravação oficial do seu samba, na voz do interprete, para a confecção do CD, lembrando que, de acordo com o Artigo 18°, parágrafo 2°, a gravação poderá ser totalmente amadora ou feita em estúdio profissional. Art 02 As escolas relacionadas no anexo desta publicação, constam como arquivo não entregue e expostas ao cumprimento do exposto no Art 01 Art 03. Esta nota oficial produz efeito em sua publicação.   ANEXO Escolas que não enviaram o samba no prazo: – GRESV Acadêmicos de Realengo – GRCESV Embaixada do Samba – GRESV Ferozes do...
Nota Oficial 01/2018

Nota Oficial 01/2018

NOTA OFICIAL 01/2018 – DISPOSIÇÕES SOBRE O SORTEIO   Para o sucesso do Sorteio, se faz necessário a participação e colaboração de TODOS os membros do Carnaval Virtual, sendo assim peço encarecidamente que se atentem a todos os detalhes! A ser realizado no dia 21/07/2018 às 21:00 em formato streaming, online, pelo Facebook (Fanpage do Carnaval Virtual)   COMO FUNCIONARÁ O SORTEIO? GRUPO ESPECIAL Como definido na última votação do Regulamento e publicado na Nota Oficial Nº 03-2016, o sorteio do grupo especial será feito em 02 partes, 1º Parte – Definição do dia do desfile 02 potes (Pote nº 1: nome das escolas por pares. Pote nº 2: nomes SEXTA e SÁBADO) O responsável pelo sorteio seguindo a ordem dos pares das escolas-par irá sortear colocando no pote nº 1 o nome das 02 escolas que compõe o par, a sorteada terá direito a escolher seu dia de desfile num prazo de 60 segundos no GRUPO DO SORTEIO no whatsapp, caso o responsável pela escola não se prontifique, será sorteado no Pote nº 2 seu dia de desfile.   2º Parte – Definição da ordem de desfile. 02 potes para cada dia. (Pote nº 1: papel com nome de cada agremiação, Pote nº 2: numerações de 1 a 8 para SEXTA e 1 a 8 para SÁBADO) Após definido quais escolas desfilarão em cada dia de desfile, será definido a ordem de desfile dos referidos dias, começando pela SEXTA-FEIRA. O responsável pelo sorteio sorteará no pote nº 01 uma escola, e no pote nº 2 o número da ordem de desfile. Seguindo o padrão que 01 abre o desfile...
Muito além da Passarela do Samba, o Carnaval Virtual na mídia!

Muito além da Passarela do Samba, o Carnaval Virtual na mídia!

Nosso presidente Gustavo Martins concedeu uma entrevista ao site de carnaval CARNARIO, onde ele fala da importância e relevância do Carnaval Virtual como instrumento de celeiro de artistas para o Carnaval Real. Gostariamos de agradecer ao CARNARIO pelo respeito, carinho e profissionalismo na matéria publicada. Confira a matéria na íntegra. A paixão pelo Carnaval fez com que um grupo de amigos, inconformados por ter de esperar um ano pelos desfiles, a criar os desfiles virtuais. Com o passar dos anos, algumas dissidências e problemas internos fizeram com que a festa, que sobrevive até hoje, fosse dividido entre a Liga Independente das Escolas de Samba Virtuais (Liesv) e o Carnaval Virtual. Brigas a parte, as duas entidades acreditam que os desfiles fortalecem o Carnaval real, preparando jovens talentos para os barracões de escolas de samba. O presidente do Carnaval Virtual, Gustavo Martins, é um dos que aposta nos desfiles online como um mercado em franca expansão para o futuro do Carnaval real. Para ele, esses jovens que se uniram para manter o Carnaval durante todo o ano, acabaram permitindo o aprimoramento de profissionais e a acessibilidade de jovens de todos os pontos do mundo ao mundo dos desfiles. Em entrevista exclusiva para o CARNARIO, ele explica as expectativas dos organizadores. CARNARIO – De onde surgiu a ideia de se criar essa liga de Carnaval Virtual?   Gustavo Martins – O Carnaval Virtual surgiu como ideia original em 2003, através do Miguel Paul. Em síntese são os desfiles das escolas de samba, com todas as suas características possíveis, num ambiente virtual – ou seja, um desfile de carnaval pelo computador. São aficionados...
Conheça o enredo do GRESV Unidos de Vila Betânia para o Carnaval 2018

Conheça o enredo do GRESV Unidos de Vila Betânia para o Carnaval 2018

GRESV UNIDOS DE VILA BETÂNIA Elza Soares: Do Planeta Fome à Mulher do fim do Mundo! “(…) É um navio humano quente, negreiro do mangue É um navio humano quente, guerreiro do mangue” É meus amigos! Este trecho da canção “Corações do Mar” diz muito sobre o lugar de onde venho. Uma vez indagada ironicamente de que planeta eu havia vindo, não exitei em responder: – Do Planeta Fome! Favela, subúrbio! Lugar onde impera a pobreza, onde a cada dia seu povo tem de resistir, lutar, lutar e vencer. Ser um grande guerreiro vencedor de batalhas, pois a cada dia enfrenta uma diferente. E oque seria vencer uma batalha para essas pessoas? Devem estar a seperguntar. Eu vos digo que vencer uma batalha para eles é sobreviver em meio a violência, é alimentar-se, é manter-se com saúde, educar os filhos, garantir um futuro melhor diante do caos e desprezo do poder público. Foi neste lugar que nasci, passei minha infância, brinquei, carreguei lata d’agua na cabeça, me fiz forte e me impus. Ali! Onde impera tanta dificuldade, impera também a alegria de um povo que mesmo sofrido consegue trazer no rosto o sorriso de quem sabe amar e que está sempre disposto a ajudar. A vida não foi nada fácil para mim. Tive de me casar muito jovem e também muito jovem tive de lidar com a pior das dores que alguém pode carregar que é a perda de um filho. Passei por isso mais de uma vez durante minha caminhada. Filhos que perderam a vida e até uma filha que me foi tirada. Tive de conviver submissa a...
Conheça o enredo do GRESV Ungidas para o Carnaval 2018

Conheça o enredo do GRESV Ungidas para o Carnaval 2018

GRESV UNGIDAS MARCHA DA CONSCIÊNCIA BRANCA: E SE FOSSE COM VOCÊ? Era o começo de novos tempos. Na próspera e desenvolvida África, os Reinos de Ketu, Ashanti, Jêje, Nagô, Songhay e Angola se fundiram formando o Reino Unido Afro-ancestral. Um império poderoso que, depois de descobrir que havia rotas marítimas para as Índias, havia também uma terra “inexplorada” para além-oceano. Essa terra era justamente Pindorama. E quando os navegantes africanos, liderados por Aboubakari V, chegaram no novo continente e lá acharam um espaço para impor uma colônia Os nativos de Pindorama, os Tupi-Guarany, não gostaram da invasão de suas terras, porém pouco puderam fazer frente o poderio dos navegadores. E assim, de Terra de São Ramsés para Negril, o nome da terra que tardiamente viraria uma referência na América. De São Ramsés para Negril, de Negril  para Brasil, e, com um restante de escravidão indígena, houve o ciclo do Pau-Brasil. Porém, a insubmissão e a alta mortalidade dos nativos praticamente os dizimaram, e os africanos precisavam de povos servis para trabalharem.   Enquanto isso, a miserável Europa, mergulhada ainda na Idade Média, entre tantas guerras feudais de semi-reinos, milhares de prisioneiros e prisioneiras são vendidos como escravos para os africanos. E começaram a vir para as vilas brasileiras, diretamente de Portugal, Espanha, França, Holanda, Inglaterra, Alemanha, Bélgica e Itália, entre outras nações menores, brancos para serem vendidos como mercadoria.   Os navios que traziam esses escravos, chamados de navios-branqueiros, e conhecidos pela total insalubridade, foram batizados de mausoleiros. E assim, os pobres brancos, despidos de suas identidades, de suas nacionalidades, direitos, liberdades, incapazes de lutarem pelas suas vidas, são...
Conheça o enredo do GRESV Malandros para o Carnaval 2018

Conheça o enredo do GRESV Malandros para o Carnaval 2018

MALANDROS MADAME SATÃ APRESENTA A LAPA BOÊMIA Ah… Velha Lapa… Das serestas, cabarés e festas emolduradas pelos lampiões a gás… Ah, Velha Lapa, quantas saudades nos traz… Recanto de belezas e encantos, dos malandros e artistas, das mundanas que conquistam. Da boemia, seu costume principal. Lapa do prazer, da mistura das cores e raças. Terra do gingado e da alegria. Lapa dos vícios, pecados e paixões. Das virtudes, encantos e amores. Da boemia desenfreada, de malandragem e dos sambistas, dos desordeiros perigosos. Dos bares e cafés, cabarés e cassinos. Onde convivem diferentes tipos cariocas. A própria imagem do Rio de Janeiro. A Lapa boêmia começa a surgir no fim da década de 1910, com apogeu nos anos 30. É a terra da dualidade. Ela não é boa nem má, mas sim boa e má. Os boêmios estão entre a ingenuidade e a criminalidade. Um estilo de vida duplo e perigoso. E entre malandros, meretrizes, músicos, intelectuais, vedetes, garçons e outras figuras que compõem o elenco deste bairro, quem nos leva para conhecê-lo é João Francisco dos Santos, mais conhecido como Madame Satã. Negro, homossexual, pobre e marginalizado. João trabalhou como travesti no teatro para se tornar artista, mas não deixou de lado a malandragem e ganhou o nome de Madame Satã. Falar da Lapa é falar de Madame Satã. O bairro fez parte de sua trajetória desde sua chegada de Pernambuco. Quem melhor para nos mostrar a lapa boêmia? E lá vamos nós com o malandro Satã, que começa nos tornando familiares às diversas figuras que frequentam o bairro. A Lapa foi marcada pelo misto de homens e mulheres,...
Conheça o enredo do GRESV Filhos do Tigre para o Carnaval 2018

Conheça o enredo do GRESV Filhos do Tigre para o Carnaval 2018

GRESV FILHOS DO TIGRE QUE FELICIDADE, QUE ALEGRIA! Olá pessoal! Convidamos à todos para fazer uma grande viagem. Viagem essa por tudo aquilo e aqueles que nos fazem sentir bem, que nos fazem Sorrir, uma viagem pela Alegria e felicidade. Desde os tempos mais antigos existiam aqueles que eram responsáveis por levar a Alegria para a vida de outras pessoas. Dentre os personagens históricos responsáveis pelo sorriso e bem estar de muitos, estão os ditos Bobos da Corte, personagens que tinham o dever de divertir os Reis e seu Séquito na Europa da Idade Média. Os Bobos da Corte eram personagens de tão grande importância que eram um dos únicos que podiam fazer criticas aos Reis sem correr nenhum risco. Caminhando no tempo passamos por diversos artistas responsáveis pelo nosso bem estar, por nos fazer felizes nem que seja por um momento. Temos os Palhaços que são uma espécie de bobos da corte mais modernos, os mágicos que nos intrigam com seus truques, os acrobatas que nos deixam de boca aberta com sua destreza, os comediantes que nos fazem gargalhar com suas piadas e performances, os músicos que nos trazem a alegria através do som, os Doutores da alegria que levam o sorriso para aqueles que estão a sofrer nos hospitais. Dedicar uma vida a levar Felicidade  às pessoas, faz com que todos os artistas do riso sejam também felizes. Infância! Quantas alegrias vindas da mais sincera forma. Ver o sorriso estampado na face de uma criança muitas das vezes não é algo trabalhoso, vem de coisas simples como uma careta, um brinquedo, brincadeiras, animais, guloseimas, desenhos animados, histórias...