Tire suas Dúvidas

Como Funciona?

Embora se detenha às telinhas, o Carnaval Virtual possui organização inspirada na folia real. Para começar, há um estatuto que explica as obrigações de cada agremiação e seus representantes, que é complementado pelo regulamento publicado a cada ano. Entre os deveres das escolas estipulados nestes documentos, estão o respeito aos membros do Carnaval Virtual, ao Calendário, que prevê diversas datas importantes, como os lançamentos dos enredos, escolhas dos sambas e entrega do material audiovisual para o desfile, as Notas Oficiais, que são publicadas para resolução de temas conflitantes e ao Painel Deliberativo, grupo específico para discussões pertinentes entre as agremiações.

Assim como no Carnaval Real, as escolas recebem obras de compositores de diversos locais após a divulgação do enredo, e em seguida seleciona a obra vencedora através de eliminatórias, que são transmitidas pela Rádio do Carnaval Virtual, via tecnologia streaming. Com as obras de todas as agremiações escolhidas, o CD do Carnaval Virtual é gravado em estúdio e posteriormente lançado. Enquanto isso, carnavalescos trabalham no projeto e desenhos que darão cor à folia, junto aos diretores que auxiliam na confecção e prazos e ao presidente, para que os imprevistos passem longe.

Os desfiles do Carnaval Virtual se realizam no meio do ano, evitando conflito entre a agenda do Carnaval do país inteiro, também com organização prévia bem definida. A ordem de passagem das escolas pelas passarelas cibernéticas é definida através de sorteio, transmitido pelos meios de comunicação do Carnaval Virtual. No grande dia, o nosso site é modificado para atender ao grande número de acessos e abrigar cada desfile sem problemas. Enquanto as obras dos carnavalesco e de toda escola, são admiradas, o samba oficial escolhido (em versão especial para o desfile, como “Ao Vivo” fosse) é executado em nossa webradio, com narração simultânea, comentaristas, promoções, entrevistas e tudo que o grande dia nos reserva.

Ao término dos Desfiles Oficiais, a avaliação fica por conta de julgadores pré-selecionados, que acompanham cada desfile atento ao quesito que lhe for confiado. Os jurados obrigatoriamente possuem conhecimento técnico sobre o quesito que estão apurando e, costumeiramente, agregam experiência como julgadores nos carnavais espalhados pelo Brasil. A apuração ocorre através da Rádio do Carnaval Virtual.

Como Participar?

Da mesma forma que na folia real, o Carnaval Virtual oferece diversas funções e postos de trabalhos. Os talentos do desenho e das artes costumam ocupar o posto de carnavalesco das agremiações, com a responsabilidade de traçar cuidadosamente cada carro alegórico, tripé, fantasia e todos os detalhes que um desfile virtual demanda.

Aqueles que têm aptidão para longas pesquisas e afinidade com elaboração de textos procuram a função de enredista – que pode ser diretamente ligado a uma única agremiação ou oferecer suas ideias a mais de uma escola.

Os bons timbres podem ter a missão de conduzir o microfone das agremiações, sendo intérprete na gravação oficial do CD e dos áudios dos desfiles. Neste espaço também entram talentos como produtores musicais, DJs ou outros que saibam trabalhar bem com áudios e deixar a bateria bem afinada. Afinal, os sambas podem ser gravados em estúdio, mas, também podem ser produzidos em sua casa! Assim, permite a atuação destes perfis na produção de seu samba-enredo.

Uma das formas mais populares de participação entre os amantes do Carnaval Virtual é como compositor. Com papel e caneta na mão, os sambistas estudam os enredos, botam a poesia em prática e elaboram letra e melodia para concorrer nas eliminatórias das agremiações. Tudo se torna muito fácil pela necessidade em somente ter em casa um microfone! As escolas virtuais publicam o regulamento do concurso em nosso parceiro SRZD Carnaval Virtual e, definido as diretrizes, basta gravar em sua casa a obra que fez! Após, é mandar para o e-mail da escola e pronto! Você já está concorrendo e pode ver seu samba na voz de um grande intérprete do carnaval, gravado em estúdio!

Há outras e várias formas de participação no Carnaval Virtual! As funções são delineadas pelos membros do projeto, assim, qualquer perfil pode brincar e se divertir nesta folia! Basta gostar do Carnaval como um todo, se inscrever no Carnaval Virtual e nos dizer como gostaria de brincar. De certo, estamos contando com você!

Como se Inscrever?

A inscrição de todos os membros do Carnaval Virtual, participantes ou não, é feito através de cadastro único, nomeado de “Cadastro Geral do Carnaval Virtual“. Através de suas respostas, o formulário irá direcioná-lo de acordo com seu perfil de participação, que pode ser:

  • Não Participante (Torcedor ou Acompanhante): neste perfil, você responderá que não tem interesse de participar do Carnaval Virtual, todavia, há o interesse em acompanhar de perto e receber as informações e boletins de interesse no projeto. Cadastrando, você terá acesso a todas as promoções e experiências que faremos com os nossos membros participantes;
  • Participante (Sem vinculo a uma única Agremiação): neste perfil, há o interesse em participar do Carnaval Virtual, mas, sem um vínculo específico a uma agremiação virtual existente ou nova. Os perfis de compositor e/ou enredista, por exemplo, são configurados através deste cadastro;
  • Entrar em uma Agremiação Existente: neste perfil, você responderá que gostaria de participar ativamente do Carnaval Virtual, porém, ainda não possuí uma agremiação virtual regularmente inscrita. Neste caminho, você fará parte do “Classificados“, onde será anunciado para todas as agremiações o seu grau e interesse participativo. Após cadastro, é possível que o Carnaval Virtual entre em contato com você;
  • Criar uma Nova Agremiação: todos podem criar sua Agremiação Virtual, desde que, tenha a figura obrigatória do Presidente, Carnavalesco e Intérprete (que podem ser a mesma pessoa). Havendo, neste perfil, você responderá que tem interesse em participar ativamento do Carnaval Virtual e, obviamente, em criar uma nova agremiação. Após o cadastro do presidente e da Nova Agremiação (feito no mesmo momento e formulário), o Carnaval Virtual entrará em contato com você pedindo mais informações acerca da Agremiação Virtual que você criou!

Todos os membros participantes do Carnaval Virtual, inclusive o enredista, compositor e intérprete, devem se inscrever no Cadastro Geral do Carnaval Virtual. Após aprovação pela Comissão Artística, sua agremiação recém-criada fará parte da relação constante no formulário das escolas regularmente inscritas. Assim, todos os membros que você reuniu, poderão se inscrever normalmente no Cadastro Geral, e obrigatoriamente deverão vincular esta participação a sua agremiação virtual.

Posso Participar?

Não há restrições para participação no Carnaval Virtual. São bem-vindos amantes da folia de todas as idades, gêneros e região do país, independente de relação com o carnaval real ou qualquer outra ligação profissional com artes visuais, música, textos, publicações ou programas.

Basta vontade de integrar a comunidade da folia virtual e seguir as diretrizes do Estatuto e RegulamentoA criação de uma escola, participação nas agremiações, confecção de samba e enredo e/ou qualquer outra forma de brincar no projeto é totalmente gratuito e sem fins lucrativos!