GRESV Altaneiros do Samba

ALTANEIROS DO SAMBA 2

Grêmio Recreativo Escola de Samba Virtual Altaneiros do Samba

Data de fundação: 15/02/2005
Cores: Amarelo, Laranja, Azul e Branco
Simbolo: Cisne, Sol
Cidade sede: Imperatriz -MA

CARNAVAL 2020

Enredo: Era uma vez… A viagem do Cisne de Cristal
Autores do Enredo: Rafael Khaleb e Thales Porto

FICHA TÉCNICA:

Presidente: Cecel Altaneiros
Carnavalesco: Thales Porto
Intérprete: Wilson Bizzar
Diretor de Divulgação e Marketing: Abrahão Silveira Júnior
Enredistas: Rafael Khaleb e Thales Porto

HISTÓRIA:

O Gresv Altaneiros do Samba foi fundado em 15-02-2005, nasceu do intuito de alguns participantes dum Fórum proposto para informações, atualizações e discussões sobre o carnaval brasileiro chamado Setor 1, do extinto site Esquentando os Tamborins.

O primeiro presidente da Agremiação foi Fernando Peixoto, carioca, torcedor da Vila Isabel, que Inspirou-nos a adotar a coroa do Cisne altaneirense, que foi escolhido como um dos símbolos da escola pelo atual presidente, Afonso Celso, (Cecel) gresilense de coração, e após assistir o desfile da Imperatriz Leopoldinense, do ano de 2005, que trazia em sua comissão de frente vários cisnes brancos, pra apresentar a escola que versou sobre o famoso escritor dinamarquês Hans Christian Andersen, que é carinhosamente apelidado de o “Cisne Altaneiro”.

O terceiro componente era Leonel Alves, um mangueirense roxo, a quem homenageamos desenvolvendo o primeiro Enredo da Escola no ano de 2006, foi uma arqui-homengem a um dos mais maiores baluartes da Estação Primeira de Mangueira, Cartola; que veio pra JJ30 sob o tema: “ Bate outra vez … Cartola, um sonho em verde e rosa”. Outro Símbolo da Escola é o Sol, que ilumina o cisne e ao mesmo tempo, é considerado a maior das estrelas, a quem atribui-se o codinome “altaneiro”, que significa: elevado, grande. As cores amarelo e laranja atribui-se a cor dos seus raios.

A terceira cor é o Azul fazendo referência ao lago. A quarta cor o branco, é representação do Cisne branco, anteriormente citado. A Escola é a pioneira do Estado do Maranhão, no gênero virtual. A Escola tem como característica revelar novos talentos para o carnaval . E 2006 , a sua primeira carnavalesca, Marina Cotrim, venceu o prêmio Revelação do Ano, Em 2007 foi a a vez de Evandro Malandro como melhor intérprete e Eduardo Bueño como melhor carnavalesco.

A Escola foi vice-campeã no referido ano, Em 2009 novamente a escola fez bonito, e alcançou novamente a 2ª colocação. 2010 foi um ano atípico, onde a escola ousou ao trazer o enredo “Estendam-se os tapetes, o Cisne e a Rainha vão passar”, homenageando a Rainha Sílvia de descendência franco-brasileira, e um samba, que causou polêmica, autoria de compositores de Nova Friburgo, conterrâneo do atual intérprete da Escola. Em 2011 a Escola alcançou a sétima colocação com o Enredo Leão do Norte, e marcou a presença do atual Presidente da Escola Virtual Cangaceiros, o pernambucano José Mauro.

A Escola não desfilou por dois anos consecutivos, chegando a Inscrever-se em 2012, onde versaria sobre um dos maiores mestres de capoeira da Bahia, Camafeu de Oxóssi. Mas devido a problemas internos não desfilou, no entanto, o compositor catarinense Willian Tadeu compôs um dos mais bonitos sambas de toda a história do carnaval virtual, fazendo com que a Escola também seja reconhecida por ter belos sambas de enredo. Em 2014 a Escola retoma sua trajetória e se inscreve no grupo de avaliação, conseguindo sua ascensão ao Grupo de Acesso, graças ao copioso trabalho desenvolvido por Gabriel Borba, com o enredo “O Bixiga balançou, iluminou toda a cidade, a Altaneiros dá um Show, Vai-Vai é luminosidade”.

Em 2015 desfila com um enredo do seu mais novo carnavalesco, Julio Rosolen, “Muito prazer sou Oswaldo Jardim”, sagrando-se Vice-Campeã no Grupo de Acesso/2015, tendo direito a ascender ao Grupo Especial, do qual fez parte por 07 anos consecutivos.

Para 2016 a Diretoria resolveu fazer a reedição do enredo e samba do ano de 2012, Cujo tema é Camafeu de Oxóssi, uma homenagem àquele que contribuiu muito para a cultura afro-descendente, na Salvador da década de 30. Tudo sob a concepção e o tratamento visual de Júlio Cesar Rosolen, Em 2017 a Altaneiros literalmente pôs fogo na Avenida com seu desfile que contou a história de Cuba, com título “A rebelde Ilha da Liberdade” manteve-se entre as três primeiras colocadas pelo terceiro ano seguido. “Águas Faraônicas” foi o tema de enredo da Escola em 2018, novamente a Escola brilha nas telas e alcança o vice-campeonato, muito aclamada, tanto seu carnavalesco, como a Escola saem ovacionados pelo público presente, a Escola mostrou as maravilhas das margens do Rio Nilo, muita informação, luxo e originalidade foram a tônica do desfile e marcaram o último ano de Júlio Rosolen como carnavalesco da Altaneiros. Em 2019 a Escola contratou o carnavalesco da escola mirin carioca Golfinhos, trata-se de Thales Porto, com formação em acadêmica em Arquitetura, o jovem e promissor desenhista é a aposta da Escola para o desenvolvimento do enredo histórico/regionalista Zabelê, como um dos mais bonitos samba do ano a Altaneiros faz mais uma boa apresentação, e após o julgamento fica na sexta colocação, fato que descontentou toda sua diretoria e a mesma decide sua desfiliação da LIESV. Ao completar 15 anos de existência, a Altaneiros faz sua aposta ao contar a sua história, o seu Enredo: “Era uma vez.., A viagem do cisne de cristal”, pretende-se reproduzir um grande baile, uma festa digna da Escola e do CAV sua “nova casa”. Celebraremos as Bodas de Cristal da maior escola de samba virtual do Maranhão, com o mesmo esmero de sempre, com muita alegria e amor pelo pavilhão quadricolor.

AnoEnredoClassificaçãoGrupo
2006Bate outra vez Cartola, um sonho em verde e rosa8º lugarGrupo de Acesso
2007Mitos e lendas do mundo dos seres alados – Altaneiros da asas a imaginação e reafirma: Deus não dá asas à cobraVice CampeãGrupo Especial
2008Xirê – O samba é gira, a gira roda, o negro samba, deita e rola no terreiro da Altaneiros6º lugarGrupo Especial
2009O Sol irradia luz e a Altaneiros banha-se em coresVice CampeãGrupo Especial
2010Estenda-se o tapete vermelho, A rainha brasileira e o Cisne vão passar10º lugarGrupo Especial
2011Leão do Norte7º lugarGrupo Especial
2012---
2013---
2014O Bixiga balançou, iluminou toda cidade, a Altaneiros dá um Show! Vai-Vai é luminosidade5º lugarGrupo de Avaliação
2015Muito prazer! Sou Oswaldo JardimVice CampeãGrupo de Acesso
2016Camafeu de Oxóssi… Um Guia, um Mestre, um Obá!Vice CampeãGrupo Especial
2017A rebelde ilha da liberdade3º lugarGrupo Especial
2018Águas FaraônicasVice CampeãGrupo Especial
2019Zabelê6º lugarGrupo Especial
2020Era uma vez… A viagem do Cisne de CristalGrupo de Acesso